Plenária Nacional dos Movimentos do Campo e da Cidade Representantes de diversos movimentos populares se reunirão em São Paulo para debater sobre as políticas de Habitação de Interesse Social e uma agenda unificada para o próximo período. A Plenária Nacional dos Movimentos do Campo e da Cidade será realizada na quadra do Sindicato dos Bancários de SP, nos dias 24 e 25 de novembro, e contará com análise de conjuntura e mesas de debates sobre diagnóstico de habitação de interesse social no Brasil, mobilização conjunta em defesa da Habitação, organização e unidade dos Movimentos do Campo e Cidade, apresentação da sistematização dos grupos de trabalho regionais e aprovação do Plano de Lutas conjuntas em defesa da moradia popular.

O objetivo é elaborar uma estratégia luta que fortaleça e garanta a continuidade de programas habitacionais e demais iniciativas para as reformas urbana e agrária.  A Conam compreende que devemos manter nossa mobilização na defesa dos direitos sociais ameaçados pela agenda neoliberal implementada no Brasil.

Nenhum direito a menos!

Segue abaixo a programação da Plenária:

Dia 24/11

09h – Inicio do Credenciamento;
10h às 10h30m – Abertura da atividade (mística);
10h30m às 11h30m – Análise de Conjuntura (Ermínia Maricato – FAU/USP e João Pedro Stédile ou João Paulo – MST);
11h30m às 12h30m – Fila do Povo;
12h30m às 14h – Almoço;
14h às  15h – Mesa: Diagnóstico de habitação de interesse social no Brasil (Marcos Rochinski – CONTRAF e Evaniza Rodrigues – UNMP);
15h – Orientação aos grupos de trabalho e plano de lutas;
15h às 17h – Trabalhos em Grupos (por regiões) – Mobilização conjunta em defesa de habitação para o próximo período; 
– Organização e Unidade dos movimentos do campo e cidade;
17h às 18h30m – Apresentação dos grupos; 
19h às 20h – Jantar;
20h30m às 22h – Noite Cultural.

Dia 25/11

9h às 9h20m – Mística; 
9h20m às 10h30m – Apresentação da sistematização dos grupos de trabalho regionais; 
10h30 às 12h – Aprovação do Plano de Lutas conjuntas para o próximo período; 
12h às 13h – Encaminhamentos finais;
15h – Mística de encerramento.

Temas para os Grupos de Trabalho

Objetivos: 
– Contribuir para a construção de um documento unificado em defesa de moradia popular; 
– Contribuir para a construção de um plano de lutas unificado em defesa de moradia popular; 
– Utilizar / Produzir instrumentais para a sistematização dos GT’s regionais para sistematizar e apresentar  no plenário no dia seguinte: 

Habitação Popular + Unidade Campo e Cidade:
a) Quais os desafios para a continuidade na construção do PMCMV de interesse social.  
b) Quais os desafios para a unidade em defesa da moradia de interesse social no campo e na cidade?

Plano de Lutas e Atividades: 
O que? Quando? Como? Onde? O que precisamos?
Jornada de Abril Campo e Cidade;
Marcha;
Plenárias nos Estados.

Plenária Nacional dos Movimentos do Campo e da Cidade