O dia 31 de agosto de 2016 vai entrar para a história como um dos dias mais tristes da nossa democracia! O Senado Federal decidiu fazer um julgamento político, afastando a Presidenta DEMOCRATICAMENTE ELEITA, sem ter prova de crime de responsabilidade. Desta forma foi atacada frontalmente a democracia e o voto de mais de 54 milhões de brasileiros!

Esta decisão é mais um ataque a democracia e coroa a posse de um Presidente Ilegítimo, Golpista, Usurpador! Esta decisão é o primeiro ato de uma série, que constam na agenda conservadora, que visa retirar conquistas e avanços sociais, previdenciários e trabalhistas.

É dever da Conam, e do movimento comunitário, seguir denunciando essa agenda, defendendo os direitos dos trabalhadores e das comunidades! Também não aceitaremos medidas que diminuam os investimentos em saúde, educação e outras políticas públicas essenciais, não podemos admitir que mais uma vez os trabalhadores e trabalhadoras paguem a conta dessa crise, em grande parte alimentada pela mídia e outros setores golpistas para desestabilizar o segundo mandato da Presidenta Dilma!

Estamos tristes, mas também estamos indignados. Estamos mobilizados e prontos para fazer a resistência necessária, em defesa das causas justas. Estaremos em todas as comunidades trabalhando para dar as respostas nas ruas e nas urnas, para que não se elejam vereadores e prefeitos golpistas, para que cada associação de moradores,

ocupação e núcleo da organização popular seja uma trincheira de luta e resistência em defesa da democracia!
Por fim manifestamos nossa solidariedade à PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF, mulher que inspirou a luta de muitos militantes, e agradecer o esforço dos valorosos parlamentares que lutaram até o último momento contra uma maioria golpista, uma mídia manipuladora e setores poderosos e entreguistas da nossa sociedade!

Nossa luta e mobilização segue, como diria Pablo Neruda: “Podem cortar todas as flores, mas não podem deter a primavera.”

Continuaremos lutando em favor da democracia e consideramos que é de fundamental importância a convocação de novas eleições presidenciais, para devolver ao povo brasileiro o direito de escolher seus representantes através do voto.

#LutarSempre
#PelaDemocracia
#NenhumDireitoAMenos
#EleiçõesDiretasJá

São Paulo, 02 de setembro de 2016.

Confederação Nacional das Associações de Moradores