Nenhum Direito a Menos

Além de um dia reconhecimento e de celebração, o Dia Internacional da Mulher é um dia de luta. No próximo dia 8 de março, mulheres do mundo todo irão parar, no momento onde a crise financeira internacional vem afetando duramente nossos direitos.

Vamos lutar contra os retrocessos impostos pelo o governo ilegítimo. É preciso despertar em nós mulheres a consciência que nossos direitos são nossas conquistas. Por isso, você MULHER, cabe a ti em relevância de somarmos juntas em defesa dos avanços sociais e dos direitos conquistados ao longo desses anos.

Portanto, vamos lutar contra a tentativa de desmonte do programa Minha Casa Minha Vida e do SUS, contra a Reforma da Previdência, contra a privatização da água e do saneamento, contra a mídia golpista. Vamos continuar lutando em defesa do direito à creche, educação, moradia digna e saúde de qualidade.

A CONAM não pode ficar de fora dessa grande mobilização. Convocamos o movimento comunitário brasileiro e, em especial, a mulher comunitária para ocuparmos as ruas. Vamos parar o Brasil nesse 8 de março!

Nenhum direito a Menos!
Fora Temer, Diretas Já!

Confederação Nacional das Associações de Moradores