Vivemos um momento da muita intensidade na vida política do Brasil. A crise política, agravada pela crise econômica, ambas alimentadas por uma mídia que instiga o ódio e não respeita a democracia, tampouco as instituições.

As manifestações ocorridas no dia 18 de março – onde milhões de militantes foram as ruas em todo Brasil, em defesa da democracia e contra o golpe -, foi o motivo de uma reação justa dos setores progressistas à ação da imprensa e ao palco que virou a “Operação Lava Jato”, descredibilizada pelos desmandos do Juiz Sérgio Moro.

Agora é de fundamental importância a forte mobilização do movimento comunitário para o Ato de 31 de março, principalmente em Brasília, onde devemos dar respostas nas ruas, em defesa da Democracia, da Constituição e contra o golpe.

Confederação Nacional das Associações de Moradores